Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto 26, 2012

O Diário de Jay #7

Imagem
28 de Dezembro de 2004  


Enquanto admirava a Lara a ser simplesmente ela, durante o nosso jantar, pensei na Anita e na sua diferença. Na sua maneira de ser, que também não era muito distinta há de Lara, mas ainda assim, as duas conseguiam ser bem diferentes. No entanto, olhava para a Lara e via Anita a rir. Será normal? Será algo que não devia acontecer? Já nem sei o que pensar em relação a mulheres. A Lara compreende-me, mas será que essa compreensão vai durar como não aconteceu com a Anita? Era como se a Anita fosse a minha única, mas a Lara era a que me iria amar como a Anita não o fez. Não sei, se calhar eu estou só a levar isto tudo como se o destino me tivesse as colocado no meu caminho por algum motivo. Estou a levar isto demasiado a peito. Se calhar...bem..eu lá no fundo ainda a amo como não irei amar ninguém. Tenho saudades dela. Saudades essas que ninguém vai conseguir fazer-me esquecer, nem mesmo a Lara.

O Diário de Jay #6

Imagem
27 de Dezembro de 2004  


A Lara apareceu cá ontem. Fizemos o jantar juntos, sujámos a cozinha toda como era de esperar, mas a comida até saiu bem boa. Cozinhámos uma especialidade dela, esparguete à bolonhesa. Era delicioso. Fomos depois aninhar-mos no sofá, vimos um filme e namorámos um bocadinho. Nem sei se namorar era o termo certo. Não sabia se éramos namorados sequer, não que precise de colocar nomes em tudo, mas é sempre bom ter a certeza duma coisa tão importante para nós. Ela adormeceu no meu colo. Dormia pacificamente, e parecia cansada. Fui deitá-la na cama e fui preparar um chocolate quente. Continuei a ver televisão e a Lara levantou-se. Admirei-me porque nem fiz quase barulho nenhum. «Tinhas tanto sono, porque levantas-te?» perguntei-lhe. «Vim aqui para estar contigo, não para dormir» disse-me com um sorriso. Estiquei o braço de maneira a ela agarrar a minha mão e puxá-la para o sofá. Depois dei-lhe um beijo e ela colocou a sua mão no meu cabelo espesso e preto. Mordeu-me …