O Diário de Jay #7

28 de Dezembro de 2004  


Enquanto admirava a Lara a ser simplesmente ela, durante o nosso jantar, pensei na Anita e na sua diferença. Na sua maneira de ser, que também não era muito distinta há de Lara, mas ainda assim, as duas conseguiam ser bem diferentes. No entanto, olhava para a Lara e via Anita a rir. Será normal? Será algo que não devia acontecer? Já nem sei o que pensar em relação a mulheres. A Lara compreende-me, mas será que essa compreensão vai durar como não aconteceu com a Anita? Era como se a Anita fosse a minha única, mas a Lara era a que me iria amar como a Anita não o fez. Não sei, se calhar eu estou só a levar isto tudo como se o destino me tivesse as colocado no meu caminho por algum motivo. Estou a levar isto demasiado a peito. Se calhar...bem..eu lá no fundo ainda a amo como não irei amar ninguém. Tenho saudades dela. Saudades essas que ninguém vai conseguir fazer-me esquecer, nem mesmo a Lara. 

Comentários