stop ok? ok

urrrrrrr(...), odeio tanto quando as miúdas ficam a falar das minhas bandas preferidas. elas nem sabem os nomes dos membros, o próximo single ou sequer o nome do primeiro álbum. e depois ficam "ele é meu, nem penses" credo, nem sabes o nome dele, agora é teu? come on. o pior é que passa um mês, aparece outra banda ou artista e puff, esquecem-se como se fossem grandes fãs. isto irrita-me mesmo sendo só por bandas ou cantores. é falso, fãs falsas eles não precisam, bitches.


am i dying ?

sinto-me completamente morta.
nem um pouco de pão me entra na boca sem eu protestar um pouco. as dores vão diminuindo em alguns sítios e aumentando noutros. é assim que passo os meus últimos três dias. super divertido não? se me levantar fico tonta, se me deito a minha barriga faz-me o favor de lembrar para que serve e como castigo, dói. se bem que deitada é bem melhor que sentada ou em pé. muito melhor aliás. o que deu ao meu corpo para ficar assim?

tu também não te preocupaste muito, aposto que estes dias têm sido os melhores do ano não? longe dela tu podes "tê-la" para ti. podes falar quando e bem te apetecer porque eu não estou lá para estragar os teus planos para o intervalo. o que me deixa ainda pior é o facto de seres uma das pessoas mais importantes para mim e nem as melhoras me deste. engraçado não? é que me chamas o mesmo que eu te chamo a ti. vá não interessa, sou unicórnio. os unicórnios são felizes sem pessoas portanto.

bright petals.