Mensagens

A mostrar mensagens de Abril 22, 2012

oh lord, porque é que vêm com coisas do facebook quando um blog serve para fugires dessa mesma coisa?

peço desculpa se para mim são coisas que não me assistem
Imagem
O cheiro da chuva era adorado por Jay. Ele simplesmente gostava. O casaco preto que tinha vestido estava a pesar nos seus ombros. A areia à sua volta agarrava à sua roupa, as gotas que caíam uniam-se às suas lágrimas e as nuvens, essas escondiam o sol que a levaram. O mar parecia chamá-lo. As ondas esforçavam-se para ir até ele. Levantou-se e a sensação foi como se estivesse bêbado. O equilíbrio faltava-lhe, a visão não era clara e a mente não estava nos seus melhores dias. Com a pouca força que lhe restava despiu o casaco preto, comprido e espesso, e deixou-o caído no chão. Caminhou até ao mar, nadou até não ter pé, e deixou-se cair. Fechou os olhos enquanto a água o envolvia, mas logo os abriu. Queria ver o mundo dela, de Anita. Apercebeu-se que o ar faltava-lhe. «Que idiota, achas mesmo que irias respirar aqui em baixo génio?» pensou ele, mais ou menos. O seu corpo só reagia meio em pânico, e a certo momento achou que a melhor opção era mesmo adormecer. Lá em baixo ele nem sentia …

Leva-me Contigo - VI

Imagem
- Que barulho é este? Que irritante.. - disse eu acabada de acordar.  O Tim disse qualquer coisa mas nem percebi o quê. Olhei para o telemóvel e já passava quase 20 minutos do meio-dia o que significa que estávamos mais que atrasados! - Oh my god Tim, estamos atrasados! Acorda já! - Estamos o quê? - Atrasados, estamos muito atrasados. Despacha-te. Temos tudo para fazer em menos de 10 minutos. - Unf - resmungou ele.
 Ele levantou-se e foi fazer o pequeno almoço enquanto eu vestia-me e arranjava-me.
- Queres geleia, manteiga, misto ou nuttela? - gritou ele super descontraído. - Humm, pode ser misto ! - Esta bem. - Amor, visto o quê? - Roupa ! - Estava a pensar em vestir macarrão! Obrigada pela sugestão amor! - disse ironicamente. - Ahahahah
 Vesti qualquer coisa e fui ter com ele à cozinha. Ele ainda estava com os boxers e a t-shirt.
- Oh Deus, MARTIM ! Vai te vestir ok? - Relax, eu despacho-me. Agora come. - Então vai. - Já vou boss - deu-me um beijo na bochecha e foi vestir-se para o…
Imagem
Acordou. Respirou o ar, encarou a realidade. Decidiu abrir os olhos, e arrependeu-se. Não via cor, ou motivo de viver. Como se a vida já não tivesse a sua pica. Como se a felicidade tivesse sido levada com ela, para o sol. E com o sol, a cor fugiu por entre as ondas, a diversão o mar tinha sugado, e o amor Anita tinha levado, no seu olhar. «Um dia isto passa, passa sempre» pensou Jay, e no fundo do seu ser, implorava que isso um dia acontecesse. Ele sabia que ela não voltaria. Que loucura a faria mudar de ideias, se nem o amor dele a fez?  A praia naquele dia estava vazia. Tal como ele gosta. O dia não estava muito bom, condizia com o espírito de Jay. Ele olhou o céu, e viu uma tempestade a caminho. «Pode ser que me limpe a alma», disse. Como era possível, alguém da sua idade sentir-se tão depressivo como ele sentia? Será genética? Algum feitiço ou veneno? Mil e uma perguntas e nenhuma resposta. Duma coisa ele tinha a certeza: amava-a acima de tudo. Nenhuma outra rapariga o cativou c…