tempting

consumida por uma paixão cega e sem sentido assim me encontro. agora, tudo o que sou está nas tuas mãos, mesmo sem teres consciência de tal coisa. em poucos segundos perco-me num mundo desconhecido, longínquo daqui, onde protagonizamos a melhor peça de amor alguma vez vista. porém, isso não é a realidade e isso esmaga-me com uma força tremenda deixando-me em pedaços, pequenos e curtos pedaços.  se alguma vez o guião que escrevi, e reescrevi, sobre nós se concretizar, se por um instante partilharmos o sentimento mais bonito que tanto desejo, estarei por alguns momentos, completa. 
se nada dura, eu farei os possíveis para sermos a exceção. 
e assim estou eu, cega por ti. se voltasse atrás, cega ficaria de novo porque és demasiado tentador para conseguir escapar. pergunto-me o que vai na tua mente demasiadas vezes, e não devia. não devia importar-me com isso. não devia. mas agora é tarde, não há volta a dar e meu amor, eu também não quero. vou sempre preferir ficar presa a ti.

Sem comentários:

Enviar um comentário

expressa-te:

bright petals.