O Diário de Jay #9

31 de Dezembro de 2004 


Ainda não consegui sair da cama. Estou a escrever isto nela, aliás. Da última vez que escrevi aqui parecia que ia cometer suicídio. Passou-me pela cabeça, não digo que não, mas...Não sei. Porque haveria de fazer isso? Viver sem elas vai ser difícil. Mas eu acho que sou capaz de aguentar. Aguentei anos sem a Annie e a Lara antes de as conhecer. O que me impede de fazer isso de novo? No entanto, parece que se fizer isso, seguir em frente assim tão rápido, parece que as esqueci e que nem valem a pena ser relembradas. Mas não é nada disso...Arh, não consigo explicar-me. Eu amo-as. Eu amo a Lara. Eu sei que amo. Agora sei...Mas eu dei-lhe valor enquanto ela viveu, enquanto eu e ela partilhámos o mais bonito sentimento do mundo, eu dei-lhe valor. Dei valor às duas. No entanto a Annie não soube aproveitá-lo tanto assim...Bem, isso não interessa. Só desejava ter a Lara por mais um pouco, sentir o seu beijo, o seu olhar no meu, e os seus dedos entrelaçados aos meus. Era a única coisa que queria, mais nada.  


9 de Janeiro de 2005  


Passou tanto tempo desde que aqui escrevi. Nada mudou. Voltei à mesma escola, vivo nas mesmas quatro paredes, a Lara continua morta e a Annie por aí no mar. Nem sei o que dizer sinceramente. A minha vida parece um pintura preta com diferentes tons de negro e cinzento. Já nem à minha disciplina preferida presto atenção. Já nem comida me apetece colocar na boca. Tudo nesta escola me faz lembrar a Anita, o sorriso dela que escondia um mundo cheio de segredos e inseguranças. Mundo esse que eu conheci e ajudei-a no que pude. Porém, parece que isso não foi suficiente. A Sophie tentou falar comigo. Disse que havias novas conclusões no caso da Lara, eu nem quis saber. Ela no final de tudo está morta, que me resta essas conclusões? Nada. Nada me vai trazê-la de volta, nada vai fazer com que ela respire novamente. Então nada de conclusões vão-me fazer diferença. Preciso mesmo de dormir, ando a parecer um zombie nestes últimos dias. Não ando a dormir nada. Tenho tido muitos sonhos estranhos que me fazem acordar a meio da noite e depois não consigo voltar a adormecer. Agora que me lembro, no sonho aparece a Anita. Ela está no mar, dentro dele, mas está diferente. Ela entra numa espécie de caverna e algo preto a envolve. Todas as noites, acontece algo mais nesse sonho. Na primeira noite só vi a Annie, na segunda já a vi com a cauda, na terceira a ir á caverna e ontem vi-a nesse tal negro. Será stresse? Imaginação? Só pode ser imaginação, haveria de ser o quê? Já ando a ficar doido também. Acho melhor ir dormir, há de fazer-me bem.

Comentários