secret


e de nada surgiu tudo. do pouco que me deste eu contentei-me e para mim chegava. da pouca preocupação que me deste eu ainda te escolheria. o porquê é estúpido porque tu, tu não eras nada. não passavas de um fantasma que andava à volta da minha cabeça. só estavas lá para me fazer lembrar do quão sozinha estava. acho que eu nunca soube o que é gostar de alguém, e iria descobrir isso contigo? com uma pessoa ruim, que és tu? hum, a mim não me parece; e vai demorar muito mesmo até eu não encontrar um defeito e recuar de alguém que possa vir a gostar, a sério. e felizmente, não foste tu esse alguém.

2 comentários:

expressa-te:

bright petals.