Delírios de Amor - L

Fui mais cedo, quase 6 minutos adiantada.Quando lá cheguei, o coreto estava todo enfeitado com luzes douradas, cheio de flores, parecia um sonho! E lá estava ele à minha espera. Parecia um príncipe de tão bem arranjadinho que estava. Ele começou a descer as escadas do coreto, veio até mim e eu até ele.

Fábio: Feliz Natal - disse com o maior sorriso do mundo.
Iara: Feliz Natal meu príncipe - disse eu sentido-me uma princesa - Como preparaste isto tudo?
Fábio: Sabia que ias ficar em casa durante a tarde, portanto consegui fazer isto sem dares conta. E como é óbvio, dar-te o meu presente e passar a meia-noite contigo, aqui.
Iara: Que lindo amor, está tudo perfeito! A sério que está - beijei-o.

Ele agarrou-me na mão, e levou-me até ao coreto, e lá havia um banco de jardim decorado com luzes e fitas. Eu nem queria acreditar que ele fez isto para mim, parecia um sonho, um sonho tornado realidade. Sentámos-nos e ele verificou as horas. Eram onze e cinquenta e oito.

Fábio: Sabes que te amo imenso, sempre amei, desde que te conheci. Sabes que faria tudo por ti, e portanto quero certificar-me que não te esqueces. Quero ficar contigo sempre, e não digo da boca para fora. E por isso, vou dar-te isto... - e abriu uma caixinha preta de veludo que continha um anel prateado com o dia em que começámos a namorar e "i will love you forever" gravado nele. Comecei a chorar que nem um bebé.
Iara: Oh Fábio... é lindo! - ele sorriu e colocou o anel no meu dedo. Sorri-lhe e dei-lhe um beijo. E nesse instante o relógio deu as doze badaladas da meia-noite. A melhor meia-noite da minha vida.
Fábio: Amo-te muito Iara Maria.
Iara: Eu mais, muito mais! - demos um beijo de entrega, de felicidade e amor.

E este foi o momento mais lindo do meu Natal, de todos os meus natais.

Faltavam poucas horas para a passagem de ano, umas cinco. Nem parecia que íamos virar o ano hoje. Mas pronto. Combinei com o Fábio, o Lourenço, a Mia, o Afonso e a Vanessa para irmos passar na praia e nessa zona ia haver uma festa com bar aberto e um bom DJ. Portanto, ia ser uma grande noite!
O Lourenço e a Mia por alguma razão ainda não namoravam, estava chapado na cara dos dois que gostavam um do outro, e já me fartei de ralhar com ele sobre isso hoje.

(por sms)
Lourenço: Que chata Iara, eu faço o que me apetecer.
Iara: Se fizesses, já estarias com ela à muito tempo!
Lourenço: Não sejas assim, é complicado.
Iara: Ai é? Pensava que ela te fazia sentir bem.
Lourenço: E faz, a sério que faz...
Iara: Então?
Lourenço: Não sei, parece que ainda não chegou "aquele" momento, percebes?
Iara: Hum, estou a ver... estou a ver que são só desculpas! Então Lourenço, consegues fazer bem melhor que isso.
Lourenço: Ok.
Iara: Isso amua, vamos para a praia às dez e meia, beijinhos.

Vanessa: Iara, levo que sapatos?
Iara: Oh V, leva aqueles novos que a tua mãe deu.
Vanessa: Oh não sei...
Iara: Se te fartares ficas descalça, ahahah.
Vanessa: Ahahah, claro que fico, nem tenho mais nada para fazer
Iara: Cala-te, leva-os e pronto.
Vanessa:

Eram dez e meia, e lá estávamos nós a curtir a festa, a namorar e a dançar sem parar. Até que o meu momento preferido da noite chegou, os cinco minutos antes da viragem do ano. E estava eu com o meu lindo, sentados na areia com a lua à nossa frente.

Iara: Sabes este anel? Este anel é a segunda coisa mais preciosa da minha vida.
Fábio: Qual é a primeira?
Iara: Como se não soubesses a resposta - olhando para aquele azul que eram os seus olhos.
Fábio: Mal posso esperar por este novo ano contigo.
Iara: À uns meses atrás, mal sabíamos nós que íamos estar assim.
Fábio: Não me arrependo de nada.
Iara: Nem eu.
Fábio: Quer dizer, apenas de uma coisa... - virei-me e olhei para ele séria - Tu é que és a rapariga que mais amei até agora, só tu.
Iara: Promete-me que nunca me vais esquecer, e que mesmo se eu fizer porcaria e estragar tudo, tu vais sempre lembrar-te de mim
Fábio: Nunca te vou esquecer, tu sabes disso melhor que ninguém.
Iara: Promete
Fábio: Prometo.
Iara: Só te falta uma coisinha.
Fábio: Batom?
Iara: Ahah não, isto - dei-lhe uma bolsinha pequenina com um anel idêntico ao meu, com a data do início do namoro mas com outra frase, "i will always love you too, you're the one". Beijámos-nos, e aí se deu a minha segunda melhor meia-noite de sempre. Estava tudo perfeito, eu com ele, o meu melhor amigo feliz, a minha melhor amiga feliz, a minha família feliz, eu estava feliz.

Eu já nem queria saber de mais ninguém, só quero que tudo fique como está. Que o Fábio me desafie todos os dias a fazê-lo feliz, que ele me conquiste ainda mais. Só quero que a Vanessa seja a minha irmã, que o Lourenço continue o mesmo idiota de sempre, mas um amigo presente que é. Que a minha família esteja bem, e é só isso que peço para este novo ano. Felicidade, muito amor, e paz.

Comentários