Delírios de Amor - XXXXII

Fábio: Sabes, ainda não te esqueci.
 Fiquei calada, nem olhei para ele sequer. Não sabia com que cara lhe enfrentar, nem o que dizer.
Fábio: Pronto, já percebi tudo.
Iara: Percebeste o quê? - Queria saber o que ele andava a pensar.
Fábio: Que gostas daquele Lourenço e que eu, já passei à história. - Ele sentou-se na cama dele, e eu levantei-me e fui para o lado dele.
Iara: Acredita em mim, ele é meu melhor amigo. Um irmão para mim, e se tivesses passado à história achas mesmo que estaria aqui? - Quando ouvi o que disse, nem me reconheci. Apenas, sorri-lhe.
Fábio: Mas eu ainda te amo, e tu de certeza que não.
Iara: Sinceramente não sei. Temos que ver o que acontece, Fá.
Fábio: Tens razão.
Iara: Claro.
Fábio: Não tens falado com o Pedro?
Iara: Não porquê?
Fábio: Soube que ele já tinha namorada, pensava que já sabias.
Iara: Hum, fixe para ele. Nunca mais lhe falei nem espero isso da parte dele. - Não, não fiquei perturbada por saber disto. Aliás até fiquei feliz por saber que ele já me tinha ultrapassado como eu fiz.
Fábio: Estás bem?
Iara: Melhor que nunca! Tive uma ideia linda linda linda!
Fábio: Diz!
Iara: Eu, tu, fato de banho, piscina.
Fábio: Siga, ahah!
 Fui buscar o meu fato de banho, vesti-o muito rápido e fomos os dois dar mergulhos naquela linda piscina. Soube tão bem aquele calorzinho!

Fábio: Iara! Vou buscar água de coco, queres?
Iara: Claro! Espera que vou contigo.
 Fui com ele até ao bar que havia ao pé da piscina. Até agora estava adorar!
Empregado: O que vai ser?
Fábio: Duas águas de coco, por favor.
Empregado: Desculpe, só temos uma.
Iara: Não faz mal, dê-nos 2 palhinhas e a água! - O Fábio ficou a olhar para mim e eu nem reconheci aquele olhar.
Empregado: Então aqui têm. Resto de Bom Dia!
Iara: Obrigada, igualmente!
Fábio: Não sabia que querias que tivesse tão perto de ti - Disse ele com ar de gozo.
Iara: Ai que piadão, bebemos à vez parvo.
Fábio: Oh, estragaste o meu sonho! Que má Iara Maria!
Fábio: Fábio Miguelino, não me chames isso, que horror!
Fábio: Ahahahahahahah ! - Ele riu-se mesmo que alto que as pessoas ficaram a olhar para nós.
Iara: É melhor esconderes-te, Fábio.
Fábio: Queres dizer, tu Iara Maria.
Iara: Sabes o que vou fazer hoje? Afogar-te na piscina por me chamares isso.
 Ele olhou para mim e começou a correr porque percebeu que ia dar-lhe umas valentes chapadas ahah, deixei a água de coco ao pé da toalha que estava ao meu lado (era a minha) e fui atrás dele, a rir e a rir.

1 comentário:

expressa-te:

bright petals.