how to love

  às vezes penso que sou uma pessoa insensível, fria e sem amor para dar. mas depois penso novamente e chego  à conclusão que estou sozinha e esse é o problema. o grande problema. tenho montes de amor para dar, só que, ninguém para o receber. quão triste é isto ? nem consigo calcular a solidão que para aqui vai, é tudo tão mais triste de se fazer, de viver ! sinto falta de tudo, de tudo mesmo. sinto-me sozinha,mesmo sabendo que tenho os melhores amigos de todo o mundo, sinto-me totalmente sozinha. e, pergunto-me o porquê. tento encontrar outras respostas, e chego sempre à mesma conclusão: amor. falta-me amor, sentir-me apaixonada, coisa que desde que me desiludi e segui em frente não tenho. sinto falta daquelas borboletas no estômago, daqueles pensamentos românticos com a pessoa que nos ama, e que amamos incondicionalmente, sinto falta de isso tudo. e bem, não penso encontrar assim alguém num piscar de olhos. quem me dera que assim o fosse. mas só desejo que essa pessoa chega bem de pressa à minha vida e quando chegar espero que não me desiluda e que me ame de verdade, assim como prometo amá-la desde já.

Comentários