Delírios de Amor - VI



Vanessa: É sobre o João.
 Ui ui , nem queria ver o que aí vinha. 
Iara: Vá, o que aconteceu desta vez ? 
Vanessa: Encontrámos-nos sábado para estarmos juntos e acabar de vez estas discussões. 
Iara: E isso não é bom ?  
  Perdi-me completamente. 
Vanessa: Era até discutir-mos o motivo das discussões. 
Iara: Que era ... ? 
Vanessa: Eu disse que eram coisas sem importância na nossa relação, e ele disse que coisas sem importância nem valia a pena discutir. E eu perguntei, o porquê de discutirmos já que não eram coisas sem importância. E ele disse-me que talvez era melhor dar um tempo, porque estávamos sempre juntos e se calhar estávamos saturados um do outro. 
Iara: Espera, ele está farto de ti ? 
Vanessa: Pelos vistos... 
 Vi uma lágrima no canto do seu olho, e não estava mesmo a ver onde o João queria chegar com isto. 
Ia dizer-lhe umas quantas coisas sobre o que ela devia fazer, até que o João aparece. Fiquei mesmo surpreendida de ele saber exactamente onde estávamos. 

Iara: Olha quem vem ai ... 
Vanessa: Quem ? 
João: Olá meninas . 
Vanessa: Que fazes aqui ? 
 Nem me meti. 
João: Bom dia para ti também. Vim aqui para te ver, e o Pedro também me mandou cá vir ver da Iara, mas shiu não lhe contes o que acabei de dizer. 
 Sorri-lhe. 
Vanessa: Hum, depois de ontem não sabia que me querias ver. 
João: Não sejas assim, eu vim aqui para esclarecer tudo mesmo e não quero que acabemos por isto. 
Vanessa: Sabes bem o que sinto por ti, e também não quero acabar. 
Iara: Acho que estou a fazer de vela, por isso vou andando para casa. Liga-me depois V . 
 E saí dali para ver se iam para o marmelanço.  

Olhei para o móvel, e vi umas 3 mensagens do Pedro. E reparei que estava no silencio, e por isso nem dei conta delas.  

"Olá amor $:' - era uma delas. - "Preciso de te ver hoje, pode ser?" , " Responde-me quando puderes (:" . 
Eu nem tinha uma resposta sobre ele, sobre nós, nada !  Mas queria vê-lo, isso sim. 
" Sim, podemos encontrar-nos. Mas quando ?" 
Ele respondeu logo. 
" Agora, na casa velha. " 
" Vou lá ter. " 
E com isto, pensei que seria outro enorme erro.  

continua. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

expressa-te:

bright petals.